quinta-feira, julho 26, 2007

Texto do meu pai - que também diz um pouco sobre mim

Quando eu tinha 15 anos
Era louco pra ter 18.

Eu tinha uma namorada no Leblon que não dava pra mim.
E tinha outra, em Laranjeiras, que não dava. Pra mim.

Eu ia de bicicleta de Copacabana ao Leblon
Em menos tempo que um adulto ia de carro.

Eu tinha um monte de amigos pobres,
Um monte de amigos pretos,
Um monte de amigas putas
E um monte de amigos ricos também.
Quando eu tinha 15 anos achava que tinha um monte de amigos.

Quando eu tinha 15 anos eu era da seleção de futebol do colégio
E colava em todas as provas de matemática.

Entrava no cinema sem pagar,
Entrava na boate sem pagar,
Andava de ônibus sem pagar.

Quando eu tinha 15 anos eu matava aula e ia pro Arpoador.
Fiz bem.
As aulas continuam iguaizinhas
e o Arpoador mudou tanto.

Quando eu tinha 15 anos
Quebrei o dente da frente brigando,
Tinha uma prateleira cheia de livros no quarto
E tinha mais medo da polícia que de ladrão.

Quando eu tinha 15 anos
Não tinha cabelo branco,
Não tinha dentes de siso,
Não tinha medos.

Quando eu tinha 15 anos
Eu não tinha saudades.

5 comentários:

Glauber disse...

ai que lindo o texto, amei... Bjao pro seu pai, pra sua mae e pra vc... heheheh... Pq quando eu tinha quinze anos eles sempre falavam isso no show da xuxa... uhauhauhauh bjuuuu

Nina disse...

Lindo!

Anônimo disse...

Hummm... bem mais solto.

ftechio@gmail.com disse...

adorei....
leve, livre e feliz.

Ponto de Vista disse...

Muito boa a poesia.